◄ VOLTAR

Projeto Político Pedagógico



Atualizado em 25/08/2017
IMPRIMIR


4.1.1. - Trajetória da Criança

 “O instrumento da observação apura o olhar tanto do educador quanto do educando para a leitura diagnóstica de faltas e necessidades da realidade pedagógica”.


Madalena Freire 


 


As turmas do Fundamental I têm, ainda, um documento descritivo e avaliativo, a Trajetória da Criança, elaborado trimestralmente pelas regentes, que relata a história da turma e de cada aluno.


A Trajetória da Criança tem três objetivos: (a) oportunizar uma avaliação que compreenda os conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais, (b) propiciar ao professor a reflexão, o comprometimento com todo o processo e o redirecionamento de suas ações, (c) informar os pais como se deu o processo de aprendizagem de seu filho ¾ seus desafios e suas dificuldades ¾ e os encaminhamentos dados pelo Unificado.


A Trajetória da Criança divide-se em duas partes: a vivência do grupo e o relato do aluno.


A vivência do grupo é um texto descritivo que conta a história da turma, trazendo observações quanto ao grupo, aos conteúdos e às atividades e, se for o caso, às idas à Escola de Campo e a participação nos eventos.


O relato do aluno é um pequeno texto descritivo com informações sobre o desenvolvimento da aprendizagem do aluno.


A elaboração deste relato começa logo após a confecção do planejamento trimestral e dos pontos de observação (P.O.).


Diariamente, a regente escolhe um P.O. para o grupo e um outro para três ou quatro alunos, registrando esta observação reflexiva em um caderno. No final do trimestre, quando for escrever o relato, estas anotações lhe dão os dados e fatos necessários.


No texto, inicialmente a regente cita os destaques, descrevendo como eles foram observados. Em seguida, cita as dificuldades, escolhendo as palavras certas; aparecem as observações e mediações, exemplificando. Por fim, registra os encaminhamentos realizados no trimestre, podendo ser as orientações dadas à família nos atendimentos, ou procedimentos realizados por outros profissionais (médico, psicóloga ou fonoaudióloga). 


ANTERIOR PRÓXIMO



TÓPICOS RELACIONADOS