◄ VOLTAR

UNIQUALI

NORMAS



28.09.2011
Inf. 60/01 | Orientação aos professores nas viagens do Unificado



O Unificado promove, através de uma agência, viagens com algumas de suas turmas.

 

Esta norma orienta os professores que acompanham os alunos do 5º e do 9º do Fundamental nestas viagens, esclarecendo o papel que lhes cabe — e o papel do pessoal da agência.

 

Embarque. O professor deve estar no local da partida meia hora antes do horário do embarque. Chegando, recebe da agência um crachá, o qual deve ser usado durante toda a viagem.

 

Imediatamente o professor se dirige ao local designado na unidade e, com a ajuda do Coordenador de Turno, revista, na presença dos responsáveis, a bagagem de todos os alunos, retirando bebidas alcoólicas, cigarros e estimulantes. Depois de vistoriada, a bagagem permanece neste local.

 

Dando a agência a orientação para embarque, os alunos retiram sua bagagem deste local e se dirigem imediatamente ao ônibus, onde o professor, postado próximo à porta, os orienta a apresentar a carteira de identidade e o voucher.

 

Disciplina na viagem. Cada professor ficará responsável por um grupo de alunos, designado em comum acordo com a agência.

 

Durante a viagem, cabe ao professor participar efetivamente de todas as atividades, zelando, em clima de alegria e festa, pela disciplina do grupo de alunos.

 

Assim, cabe ao professor estar atento e agir prontamente, com firmeza e delicadeza, ante qualquer atitude inadequada, que possa causar prejuízos de qualquer natureza (moral, físico ou material).

 

Havendo atitude inadequada, o professor admoesta o aluno. Sendo grave, relata o caso à agência que delibera com os professores e decide entre recolher o aluno ao seu aposento, por tempo apropriado, ou encaminhar o aluno a sua residência. Neste segundo caso, a agência contacta o responsável, que decide entre vir buscar o aluno ou pagar o transporte de volta.

 

Particularmente à noite, após o “toque de recolher”, cabe ao professor estar atento a qualquer situação anômala.

 

Problemas na viagem. Durante a viagem, recebendo relato de algum tipo de problema — alteração na programação, mau atendimento, má
qualidade da comida, sumiço de bens, atraso na viagem, etc. —, o professor deve ouvir e encaminhar o aluno ao pessoal da agência, sem se fazer de porta-voz.

 

Assim, o professor não deve nem minimizar e nem maximizar a situação e, muito menos, tomar posição diante dos alunos.


Recebendo o problema, a agência, eventualmente ouvindo os professores, decide e toma as providências necessárias.

 

Despesas na viagem. O transporte de ida e volta, os traslados, as refeições ordinárias e a hospedagem dos professores são pagos pela agência. Quando for o caso, a agência entregará aos professores tickets para as refeições, que incluirá um refrigerante ou uma água mineral.

 

Demais despesas (bebidas, lanches avulsos, passeios extras, compras diversas) são de responsabilidade do professor.

 

Desembarque. Meia hora antes da chegada, o professor telefona ao funcionário designado na unidade para abrir a Secretaria, informando que está a caminho.

 

Então, confere se há algum dano ao ônibus; havendo, informa a agência.

 

Chegando, orienta os alunos a desembarcarem e, após todos terem saído do ônibus, verifica se há algum objeto esquecido. Havendo, anota o número do ônibus e entrega o objeto ao funcionário da Secretaria, pedindo que no dia seguinte encaminhe à agência.


Dez minutos após a chegada, o professor vai embora. Alunos que ainda não foram pegos por seus responsáveis ficam sob os cuidados do funcionário da Secretaria.

 

Arquivos para download

Inf. 60 Orientação aos professores nas viagens do Unificado DOWNLOAD