Balneário Camboriú
VEJA OUTRAS UNIDADES
47 3367.1025 / 47 99929.1037
◄ VOLTAR

UNIQUALI

NORMAS



17.11.2015
PO 125/02 | Produção de Texto no Terceirão

 

Os gêneros textuais são os textos materializados, encontrados em nossa vida diária, e que apresentam características sociocomunicativas definidas por conteúdos, propriedades funcionais, estilo e composição ― por exemplo, poesia, crônica, conto, prosa, narrativa, mas também carta pessoal, conversa telefônica, e-mail, anúncio, convites, atas, avisos, bulas, contos de fadas, ementas, ensaios, entrevistas, circulares, contratos, decretos, discursos políticos, histórias, instruções de uso, letras de música, leis, mensagens, notícias.

 

Tipologia textual é a forma como um texto se apresenta, uma espécie de “construção teórica” que a natureza linguística da composição do texto determina. As tipologias existentes são: descrição, narração, dissertação, argumentação e injunção. Cada uma dessas tipologias é utilizada pelas pessoas para se comunicar em diferentes gêneros, mas cada gênero exige um maior ou menor domínio de cada uma delas. Por exemplo: num conto, usamos predominantemente a capacidade de narrar, mas podemos colocar personagens discutindo um assunto, e então aparecerá a capacidade de argumentar.

 

No Unificado, ao longo das aulas destinadas à produção de textos, são trabalhadas as tipologias textuais e os gêneros textuais.

 

Ao longo do ano, há cerca 14 produções de texto formais ― aproximadamente sete informais e sete formais, todas de tipologia textual.

 

As produções de texto informais são feitas no caderno ou em algum suporte adequado. As produções de textos formais são avaliadas — cada uma das avaliações compreende algumas etapas; cada etapa equivale a uma aula.

 

As avaliações de gêneros textuais ocupam uma aula:

inicialmente, o professor de Português faz uma explanação do gênero,

então, cada dupla de alunos produz o texto numa folha,

em casa, o professor analisa o material de cada aluno, fazendo observações à caneta no próprio texto.

 

Cada produção de texto vale até 1,0 crédito extra, dado na produção de texto formal que será avaliada.

 

As propostas e os temas das produções de texto são definidos pela Central de Redação, que elabora o material pertinente.

 

As produções ocupam cinco aulas:

na primeira aula, o professor de Filosofia e Sociologia apresenta o tema e promove uma discussão, com o objetivo de subsidiar os alunos, permitindo um, às vezes para alguns, primeiro contato com o tema,

na segunda aula, o professor de Português apresenta a estrutura escolhida e o aluno  começa a fazer o rascunho no ER 06,

na terceira aula, o aluno conclui o rascunho,

em casa, o professor de Português analisa o material de cada aluno, fazendo observações (p. ex., ‘Atente para o parágrafo muito longo’ ou ‘Não se dirija ao leitor’) à caneta no próprio texto,

na quarta aula, o aluno passa o texto a limpo no ER 01 (se narração e/ou descrição) ou no ER 02 (se dissertação ou argumentação),

ao longo das duas próximas semanas, a Central de Redação avalia os textos produzidos, devolvendo-os ao professor de Português,

na quinta aula, o aluno recebe o texto corrigido, e faz uma atividade que consta da correção de erros ortográficos e de inadequações gramaticais, encontrados nos textos que a turma produziu e relacionados aos assuntos estudados recentemente em sala de aula.

 

Cada produção de texto vale 13,0 créditos, assim distribuídos:

1,0 crédito pelo rascunho,

10,0 créditos dados pela Central de Redação e

2,0 créditos na atividade realizada na devolução.

 

Algumas observações:

ausência de título tira 6 décimos da nota total,

inadequação à proposta tira de 5 a 10 décimos da nota total,

falhas além do limite tiram de 5 a 10 décimos da nota total,

desrespeitar a modalidade tira 30 décimos da nota total e

não atingir o número mínimo de linhas gera nota 3,0.

 

A cada uma destas produções de texto, o corretor da Central de Redação escolhe alguns destaques por turma, arquivando. Deste modo, no final do ano haverá diversas produções por turma. O corretor elimina os textos de autores com um único texto e encaminha ao Coordenador da Central de Redação.

 

Recebendo, o Coordenador seleciona, de cada proposta, dois ou três textos, e os apresenta à equipe de professores do Médio, que escolhe o melhor texto de cada proposta.

 

O pessoal da Direção de Ensino digita o texto, enviando-o ao Coordenador da Central de Redação.

 

Arquivos para download

PO 125 Produção de Texto no Terceirão DOWNLOAD