Balneário Camboriú
VEJA OUTRAS UNIDADES
47 3367.1025 / 47 99929.1037
◄ VOLTAR

UNIQUALI

NORMAS



14.09.2013
PO 11/02 | Acompanhamento do desempenho do aluno no 2º trimestre

 

Uma das tarefas do Coordenador de Turno do Fundamental II e 1º e 2º do Médio é acompanhar o desempenho escolar do aluno ao longo do ano. Esta norma explicita como isto se dá no segundo trimestre.

 

Em meados de agosto ocorre a terceira entrega do relatório Situação do Aluno do ano.

 

Assim, na véspera do dia definido para a entrega, o CT faz imprimir, para todos os seus alunos, os relatórios Situação do Aluno, seguindo o caminho Relatório > Escolar > Acadêmico > Espelho de Notas e escolhendo o modelo 0. Põe seu carimbo e assina.

 

De posse deste material, o CT vai às turmas e entrega os relatórios aos alunos, observando que a nota da Recuperação Trimestral do 1º trimestre já está lançada. Lembra que cerca de metade dos créditos do ano já foram disputados, e chama a atenção daqueles com média geral inferior a 70% para o fato de que no terceiro trimestre não há Recuperação Trimestral e a segunda bateria de provas vem compactada em uma semana — assim, “a hora de estudar é agora”. Solicita que apresentem o documento aos pais, em casa.

 

Então, dispara um e-mail a todos os pais, informando que o relatório foi entregue aos alunos em sala. O texto do e-mail é “Informamos que hoje foi entregue aos alunos presentes o relatório ‘Situação do Aluno’”.

 

Aos que faltaram, entrega no dia seguinte, sem delongas.

 

Pouco antes da entrega do Situação do Aluno, ocorre o segundo Conselho de Classe do ano, com ênfase no desempenho. Neste encontro, entre outras deliberações, se definem os alunos cujos pais deverão ser chamados para uma conversa com o CT.  

 

De posse desta informação, o CT levanta quais alunos não citados no Conselho devem ter seus pais também chamados para uma conversa: alunos com problemas disciplinares.

 

Então, após a entrega do relatório, o CT determina ao auxiliar de Coordenação que telefone aos pais destes alunos, agendando um horário para uma conversa.

 

Antes de iniciar os encontros, o CT gera os relatórios Situação do Aluno e os relatórios de ocorrências (seguindo o caminho Ocorrência > Relatório > Ocorrência de Aluno, escolhendo o tipo ‘extrato com observação’), salvando na tela de seu computador.

 

Se a conversa for com pais de aluno com baixo desempenho, o CT mostra na tela o Situação do Aluno, apresentando, se houver, as considerações do Conselho de Classe. Se a conversa for com pais de alunos com problemas disciplinares, o CT mostra na tela o relatório de ocorrências, apresentando as considerações do Conselho de Classe.

 

Cada encontro deste não deve durar mais de 15 min. Um registro simplificado deve ser feito no ASP Escola, na ocorrência “Conversa com o responsável”.

 

No início de outubro, ocorre a quarta entrega do relatório Situação do Aluno do ano.

 

Assim, na véspera do dia definido para a entrega, o CT faz imprimir, para todos os seus alunos, os relatórios Situação do Aluno, seguindo o caminho Relatório > Escolar > Acadêmico > Espelho de Notas e escolhendo o modelo 0.

 

Também faz imprimir os relatórios de ocorrências dos alunos que as tenham em quantidade significativa, seguindo o caminho Ocorrência > Relatório > Ocorrência de Aluno, escolhendo o tipo ‘extrato com observação’.

 

Por fim, providencia que os relatórios de ocorrências sejam grampeados aos Situação do Aluno, e que nestes seja carimbado:

se houver ocorrências em anexo, “Relatório de ocorrências anexado” e

se a média geral for maior que 85%, “Parabéns!”.

Põe seu carimbo e o do Diretor da Unidade, assina e faz colher a assinatura do DU.

 

De posse deste material, o CT vai às turmas e entrega os relatórios aos alunos, dizendo que traz o acumulado do 1º trimestre e as notas do 2º trimestre e lembrando que 70% dos créditos já foram disputados. Comunica aos alunos com média geral inferior a 70% ou com desempenho muito baixo em algumas disciplinas que seus pais serão chamados para uma conversa. Solicita que apresentem o documento aos pais, em casa.

 

Nesta ocasião, entrega também a circular da Recuperação Trimestral.

 

Então, dispara um e-mail a todos os pais, informando que o relatório foi entregue aos alunos em sala. O texto do e-mail é “Informamos que hoje foi entregue aos alunos presentes o relatório ‘Situação do Aluno’”.

 

Aos que faltaram, entrega no dia seguinte, sem delongas.

 

Já alguns dias antes da entrega do Situação do Aluno, o CT determina ao auxiliar de Coordenação que telefone aos pais dos alunos com média geral inferior a 70% ou com desempenho muito baixo em algumas disciplinas, agendando um horário para uma conversa.

 

Antes de iniciar os encontros, o CT gera os relatórios Situação do Aluno e os relatórios de ocorrências, salvando na tela de seu computador.

 

A tônica das conversas é o baixo desempenho. Assim, o CT mostra na tela o Situação do Aluno, lembra que os dois primeiros trimestres já se passaram, isto é, cerca de 70% créditos já foram disputados e que ainda há outros cerca de 30% dos créditos por disputar.

 

Para quem está com média geral em torno de 50%, alerta para a real possibilidade de reprovação. Para quem está com média geral entre 50% e 66% informa que poderá fazer Exame nas disciplinas abaixo de 70%. Para quem estiver com média geral entre 67% e 69% reforça que poderá ser aprovado sem Exame.

 

Na conversa, cita as aulas de apoio que estão ocorrendo e cita a Recuperação Trimestral que começará nos dias seguintes. Lembra que no terceiro trimestre a segunda bateria de provas vem compactada em uma semana e que não há Recuperação Trimestral.

 

Se uma das causas do resultado for problemas disciplinares, o CT mostra na tela o relatório de ocorrências.

 

Cada encontro deste não dever durar mais de 15 min. Um registro simplificado deve ser feito no ASP Escola, na ocorrência “Conversa com o responsável”.

Arquivos para download

PO 11 Acompanhamento do desempenho do aluno no 2º trimestre DOWNLOAD