Balneário Camboriú
VEJA OUTRAS UNIDADES
47 3367.1025 / 47 99929.1037
◄ VOLTAR

UNIQUALI

NORMAS



22.01.2021
PO 70/09 | Dependência

 

Os alunos de 1º ano do Médio que, no ano anterior, não tiverem logrado aprovação em Matemática ou em Língua Portuguesa e os alunos de 2º e 3º anos do Médio que, no ano anterior, não tiverem logrado aprovação em até duas disciplinas somente poderão ser admitidos na série desde que se matriculem no curso de Dependência das respectivas disciplinas.  

 

Na segunda semana letiva, a Secretária Escolar levanta quantos alunos deverão fazer Dependência. Para tanto:

verifica, entre os alunos veteranos, aqueles que ficaram em Dependência,

levanta, entre os alunos novatos com documentação suficiente, aqueles que deverão fazer Dependência e

levanta, entre os alunos novatos, aqueles sem documentação suficiente.

 

A verificação dos alunos veteranos que ficaram em Dependência é feita seguindo no ASP Escola o caminho Relatório > Escolar > Documentos > Ata de Resultado Final, selecionando instituição, curso, série (9º do Fundamental, 1º ou 2º do Médio), ano (anterior) e turma, escolhendo ‘normal’ em disciplinas e ‘00’ em modelo de ata.

 

Então, prepara um relatório com todas estas informações, enviando-as ao Coordenador de Turno.

 

Na terceira semana letiva, o CT conversa com cada um dos alunos novatos sem documentação suficiente, perguntando-lhe se eventualmente ficou em Dependência. Qualquer que seja a resposta, faz com que o aluno preencha e assine o formulário SO 07 (Declaração de Dependência), no qual declara ou que não foi reprovado ou que foi reprovado em no máximo duas disciplinas (indicando-as).

 

Com relação àquele aluno em que pairar alguma dúvida sobre sua afirmação, o CT telefona ao responsável, deixando-o ciente.

 

O CT passa os dados dos alunos para a Secretária Escolar, que envia a relação completa de alunos dependentes e suas disciplinas para o gerente de Ensino.

 

De posse dessa relação, a Direção de Ensino elabora os horários, buscando minimizar as “janelas” dos alunos ao montar as turmas.

 

Os horários serão elaborados observando que as aulas ocorrerão às segundas-feiras à tarde, através de uma plataforma digital. A cada semana, haverá duas aulas de 45 min de cada disciplina, em um dos seguintes horários: 1º horário – 13h30 às 15h, 2º horário – 15h10 às 16h40, 3º horário – 16h50 às 18h20.    

 

Nas disciplinas com 24 aulas, na quarta semana de cada módulo o horário será o seguinte: 1º horário – 13h30 às 14h15, 2º horário – 15h10 às 15h55, 3º horário – 16h50 às 17h35.

 

 

A Direção de Ensino também convida os professores para ministrar a Dependência e agenda com eles um horário para receber os planejamentos e as orientações sobre as provas.

 

Com estes dados, o gerente de Ensino calcula o custo de cada Dependência, usando a planilha que se obtém baixando o anexo. Inicialmente, preenche a célula Valor da hora-aula (com o valor da hora-aula do 1º e 2º do Médio) e a coluna Número de alunos ― que estão em cinza.

 

A coluna Valor da parcela/sugerido indica o valor de cada uma das três parcelas, já arredondado; é possível fazer algum ajuste manual, lançando o valor na coluna Valor da parcela/definido, comparando os valores das células Lucro/sugerido e Lucro/definido.

 

Definindo os valores das parcelas das diversas disciplinas, o gerente de Ensino informa a Secretária Escolar e o Coordenador Administrativo-Financeiro

 

Recebendo, o Coordenador Adm.-Financeiro, seguindo o ASP 07, cria as turmas de Dependência e gera as parcelas no ASP Escola, pelo valor mais frequente, com vencimento nos dias 15/abril, 15/maio e 15/junho.

 

Definidos os horários e o custo, a Secretária Escolar preenche, para cada aluno, o formulário GC 15 (Termo de Compromisso da Dependência) ¾ com disciplinas, valor, dias e horários ¾, entregando ao CT.

 

Então, de posse destes documentos, o CT se reúne com todos os alunos dependentes, em dia e hora marcados, lhes entrega o documento, orientando-os a colher a assinatura do responsável e o devolverem na Secretaria Escolar até a semana seguinte. Utiliza o encontro para ressaltar a importância de uma participação ativa nos estudos que advirão, explicando-lhes a sistemática de aulas e avaliações da Dependência.

 

Na terceira e na quarta semanas letivas, a Secretaria Escolar recebe os alunos, inscrevendo-os na Dependência. Para tanto, cadastra o aluno, recolhe o GC 15 e o arquiva e encaminha o aluno ao Caixa. 

 

À medida que os alunos vão chegando, o operador do Caixa segue o caminho Escolar > Matrícula > Cadastro > Curricular, busca o aluno, vai à aba Financeiro, tica no evento financeiro ‘Dependência’ e em seguida, se necessário, no botão Negociação. Na nova tela, altera o valor das parcelas e as datas de vencimento e clica em OK, salvando.

 

Encerradas as inscrições, a Secretária Escolar de cada unidade, seguindo o ASP 07, cadastra os alunos no ASP Escola. Havendo aluno que não se inscreveu, a Secretária Escolar informa o CT.

 

Recebendo a informação, o CT telefona ao responsável, alertando-o do problema grave que a não inscrição acarretará.

 

Em seguida, o gerente de Ensino cria uma pasta compartilhada do formulário SN 16 (Controle de frequência e notas / Dependência) para cada série e disciplina em que haverá Dependência, e cada Secretária Escolar cadastra ali os alunos de sua unidade.

 

Paralelamente, a Direção de Ensino se reúne com os professores que ministrarão a Dependência, orientando-os, e lhes indicando onde estão os formulários SN 16.

 

Na manhã da segunda-feira da quinta semana letiva, dia da primeira aula da Dependência, os CTs enviam mensagem pelo aplicativo a todos os alunos dependentes, relembrando que à tarde começarão as atividades, informando o link de acesso.

 

À tarde, funcionário designado pelo Vice-Diretor de Ensino acompanha as diversas aulas on-line. Ao final de cada aula, verifica se os professores registraram a presença dos alunos no SN 16. Observa que se algum aluno presente não estava inscrito, cabe ao professor incluir, destacando em vermelho.

 

Na manhã seguinte, cada CT verifica o SN 16, telefonando aos responsáveis pelos alunos que faltaram e também aos responsáveis daqueles que estavam presentes sem terem se inscrito, dando-lhe pequeno prazo para que regularize a situação.

 

Periodicamente, o CT acessa o SN 16, e, verificando alunos faltosos ou com baixo desempenho, os admoesta.

 

Mensalmente, o gerente de Ensino registra o número de aulas que cada professor deu, repassando à Coordenação Administrativo-Financeira. 

 

Os procedimentos relativos à aplicação das provas regulares, do lançamento das notas e do requerimento e da aplicação das provas de segunda chamada são os de praxe.

 

Orientações à Secretária Escolar sobre o Exame da Dependência estão dadas em documento anexo a esta norma.

 

 

Arquivos para download

PO 70 Dependência DOWNLOAD
PO 70a Dependência (Coordenador de Turno) DOWNLOAD
PO 70b Dependência (gerência de Ensino) DOWNLOAD
PO 70c Dependência (Secretária Escolar) DOWNLOAD
PO 70d SO 07 Declaração de Dependência DOWNLOAD
PO 70e Cálculo do valor da Dependência DOWNLOAD
PO 70f ASP 07 Lançando notas de Dependência no ASP Escola DOWNLOAD
PO 70g GC 15 Dependência (documento de formalização) DOWNLOAD
PO 70h SN 16 Controle de frequência e notas de Dependência DOWNLOAD
PO 70i Orientação à Secretária Escolar sobre o Exame da Dependência DOWNLOAD