Balneário Camboriú
VEJA OUTRAS UNIDADES
47 3367.1025 / 47 99929.1037
◄ VOLTAR

UNIQUALI

NORMAS



20.11.2017
PO 135/01 | Final de ano do Fundamental I antes do Exame

 

Quando as últimas provas do 3º trimestre estiverem sendo aplicadas, o Gerente de Ensino inabilita o acesso dos alunos, através do Portal do Aluno, ao Situação do Aluno e ao boletim, através do caminho Cadastro > Segurança > Acesso ao Módulo Agregado.

 

Quando todas as provas forem aplicadas e corrigidas e forem lançadas as respectivas notas, a Secretária Escolar, seguindo o ASP 10, calcula a média do 3º trimestre, calcula a média anual e imprime os boletins pré-Exame, entregando ao Coordenador de Turno.

 

Por sua vez, o CT prepara um documento de alterações de notas para cada uma de suas turmas. Para tanto, digita o código da turma (I12VA, B13VB...) e a data em que serão analisados os resultados.

 

Recebendo os boletins pré-Exame, o CT se reúne com o Vice-Diretor da unidade e com a professora regente de cada uma das turmas com alunos em Exame, verificando se é viável aprovar um aluno que ficaria em Exame, autorizar um aluno que reprovaria direto a ficar em Exame ou dispensar um aluno da realização de algum Exame.

 

Em cada caso, decidem se mantêm o resultado ou se concedem algum crédito extra (de modo a permitir ao aluno mudar sua situação).

 

Havendo a concessão de créditos extras, o CT anota, à caneta, no documento de alterações de notas, o nome do aluno (basta o primeiro, se não houver dois na turma), a disciplina, a média anterior e a média posterior. Então, colhe a rubrica da professora.

 

Exemplos

O aluno Eduardo ficou com média geral 69, e faria Exame. Mudando sua nota em Inglês ele fica com média geral 70, e passa direito. Assim, a alteração permitiu aprovar um aluno que ficaria em Exame. 

 

A aluna Carolina ficou com média geral 49, e seria reprovada. Mudando sua nota em Geografia ela fica com média geral 50, e pode fazer Exame. Assim, a alteração foi autorizar um aluno que reprovaria direto a ficar em Exame.

 

O aluno José Carlos ficou com média inferior a 50 em quatro disciplinas, e seria reprovado. Mudando sua nota em uma destas disciplinas, ele pode fazer Exame. Assim, a alteração foi autorizar um aluno que reprovaria direto a ficar em Exame.

 

A aluna Ana Flávia ficou em Exame em três disciplinas; em uma delas, com média geral 68. Mudando sua nota nesta disciplina, ela pode se dedicar mais às outras duas.  Assim, a alteração foi dispensar um aluno da realização de algum Exame.

 

Por fim, entrega os documentos de alterações de nota à Secretária Escolar.

 

Recebendo a documentação, a Secretária Escolar, seguindo o ASP 10, lança as notas extras concedidas no ASP Escola, calcula a média do 3º trimestre, calcula a média anual, encerra o 3º trimestre e imprime os boletins pré-Exame para os alunos.

 

A Secretária Escolar colhe as assinaturas do VD e do CT nos boletins, entregando-os a este. Em seguida, arquiva os documentos de alterações de notas.

 

Recebendo os boletins, o CT telefona aos responsáveis pelos alunos que ficaram em Exame e pelos que reprovaram, marcando dia e horário para estarem no Unificado ― anterior ao definido no Calendário Escolar para a entrega dos boletins. Neste telefonema, via de regra, não informa, explicitamente, a situação. 

 

Ao chegar para a reunião, aluno e seu responsável são encaminhados à sala do CT, e são atendidos por este e pela professora regente.

 

Recebendo um aluno que ficou em Exame, o CT explica ao responsável que nota o aluno deverá obter na avaliação, entrega-lhe a listagem dos conteúdos prioritários das disciplinas em que será avaliado (disponível também no site do Unificado), informa o dia e horário do atendimento antes do Exame e o dia e horário da aplicação do Exame. Finaliza procurando explicitar a importância do momento que está atravessando.

 

(Sendo D o desempenho anual do aluno na disciplina em que ficou em Exame, a nota mínima se obtém com a fórmula (75-D)/2.)

 

Recebendo um aluno reprovado, o CT entrega ao responsável o boletim, fazendo as considerações que julgar necessárias, apoiando-se nas informações disponíveis (registros de ocorrência, documentos de advertência etc.).

 

A ambos, a regente entrega a “Trajetória da Criança”.

 

Os demais alunos, ao chegar para pegar o boletim, são encaminhados à sala de aula, onde está a professora regente.

 

Recebendo um aluno, a regente busca seu boletim. Encontrando-o, entrega-lhe, juntamente com a “Trajetória da Criança”, dando os parabéns e desejando boas férias em nome do Unificado.

 

Ao final do turno, a regente deixa os boletins que sobraram na Secretaria.

 

Neste mesmo dia, o Gerente de Ensino habilita o acesso dos alunos, através do Portal do Aluno, ao boletim. No dia da aplicação do primeiro Exame, o Gerente volta a inabilitar o acesso.

 

Ao longo dos próximos dias, o CT faz a ata da reunião que analisou os diversos casos. Para tanto, altera adequadamente o cabeçalho e cada um dos parágrafos.

 

Observe-se que, de posse dos documentos de alterações de notas, são listados os casos de aprovação, de autorização para realização de Exame e de dispensa de realização de Exame. Além disso, são citados também os casos de manutenção de reprovação.

 

Completada a redação da ata, o CT colhe a assinatura das regentes que estiveram presentes à reunião e entrega o documento à Secretária Escolar.

 

Recebendo, a Secretária Escolar arquiva a documentação na seguinte ordem: alteração de notas e ata.

Arquivos para download

PO 135 Final de ano do Fundamental I antes do Exame DOWNLOAD
PO 135a Final de ano do Fundamental I antes do Exame (Secretária Escolar) DOWNLOAD
PO 135b Final de ano do Fundamental I antes do Exame (Coordenador de Turno) DOWNLOAD
PO 135c Alterações de notas na análise pré-Exame DOWNLOAD
PO 135d Ata da reunião de análise de notas pré-Exame DOWNLOAD