Balneário Camboriú
VEJA OUTRAS UNIDADES
47 3367.1025 / 47 99929.1037
◄ VOLTAR

UNIQUALI

NORMAS



11.09.2019
PO 28/02 | Rodízio Literário

 

O rodízio literário é uma atividade de leitura aplicada às turmas do Fundamental I.

 

Em uma das reuniões pedagógicas de fevereiro, a equipe de professores de cada série revisa a lista de livros preparada para a série, a qual tem cerca de cinquenta títulos.

 

Em março, a Coordenação de Turno contacta livrarias da região e seleciona uma para promover a Feira Literária nas unidades. Esta livraria recebe as listas de livros e deve se comprometer a disponibilizar cerca de 75% dos títulos ali indicados, devendo suprir a diferença com outros títulos, adequados à faixa etária.

 

Em abril ocorre em cada unidade a Feira Literária, em dia e horário estabelecidos no Calendário Escolar. Alguns dias antes, o Coordenador de Turno envia uma circular (como a que se obtém baixando o anexo) informando os detalhes do rodízio e da feira, e solicitando que o aluno traga dinheiro para a compra de seu volume.

 

No dia da Feira, conforme escala elaborada pelo CT, cada regente acompanha sua turma ao local da Feira e ajuda os alunos a escolherem o livro, adquirindo-o. De volta à sala de aula, a regente orienta os alunos a, em casa, encapar e etiquetar com seu nome o livro, e começar a lê-lo. Informa ainda que dentro de uma semana, cada aluno deverá trazer o livro para a sala.

 

Outra opção é a Feira Literária ocorrer na própria livraria. Neste caso, os alunos se deslocarão, conforme escala elaborada pelo CT, acompanhados pela regente, até o estabelecimento. Os procedimentos seguintes ocorrem como descrito no item anterior. 

 

Caso no dia da Feira algum aluno esqueça de trazer dinheiro, ele apenas escolhe o livro. O volume fica reservado (com a livraria ou com a Secretaria) até que o aluno traga o valor necessário. Para evitar este transtorno, na véspera da Feira o CT envia um bilhete relembrando a atividade.

 

Uma semana depois, começa o rodízio literário. Para tanto, a regente utiliza variadas estratégias — pede a cada aluno que ponha seu livro apoiado no quadro e promove a escolha, ou pede a cada aluno que ponha seu livro numa mesa no fundo da sala e quem termina uma determinada atividade vai e escolhe, ou dá alguns minutos a alguns alunos para irem à frente da turma e fazerem propaganda do seu livro, entregando-o a quem pedir, ou permite que dois alunos troquem entre si, ou sorteia os títulos entre os alunos, ou...

 

Via de regra, toda semana deve haver o troca-troca. No entanto, em algumas semanas (como na da Feira do Conhecimento, por exemplo) não é recomendável que haja. Deste modo, é possível que os livros comprados em abril sejam suficientes para conduzir a atividade ao longo do ano todo.

 

Caso, antes do final do ano, todos os livros tenham rodado pela turma, há algumas opções: começar um troca-troca com os livros dos alunos de outra turma da mesma série ou tomar emprestado livros da biblioteca.

 

 

A regente precisa controlar os livros que os alunos estão lendo. Para tanto, cabe à regente elaborar uma planilha para ser colada à parede como a abaixo:

 

Nome "Branca de Neve"  "João e Maria"     "Rapunzel"          ...     
Alberto        
Carla        
Mário        
...        

 

A cada vez que há o troca-troca, a regente escreve a data na intersecção da linha do nome do aluno com a coluna do nome do livro:

 

Nome "Branca de Neve"  "João e Maria"     "Rapunzel"          ...     
Alberto  10/4      
Carla        
Mário   10/4     
...        

 

A regente cola na contracapa de cada livro um envelope no qual ficará uma ficha padrão para controle de quais alunos pegaram o título, quando o pegaram emprestado e quando terão de devolvê-lo.

 

Nome Data de empréstimo Data de devolução  
Alberto 1º/3 7/3 
Carla 7/3  14/3 
Mário 14/3 21/3 
...    

 

Mesmo que o aluno não termine a leitura da obra na data de devolução do livro, deve levá-lo para a sala de aula a fim de que a regente possa renovar o empréstimo por mais uma semana.

 

Embora o principal objetivo desta atividade seja a fruição da leitura, em algumas semanas ao longo do ano a regente propõe que os alunos façam algum tipo de registro do que leram. A forma de registro pode ser escrita (resenha, sinopse, dados do autor e da obra, minicartaz), artística (fantoche) ou oral (apresentação aos colegas).

 

A quantidade de registros por ano deve diminuir à medida que avança a série — turmas do 2º do Fundamental têm mais registros que turmas do 5º do Fundamental.

Arquivos para download

Circular da Feira Literária DOWNLOAD
PO 28 Rodízio Literário DOWNLOAD